Busca

Recomendados

Exodus toca em São Paulo e ingressos já estão quase esgotados

Banda retorna ao país trazendo o vocalista Steve “Zetro” Souza

A produtora 8X8 Live informou recentemente que os ingressos de 2º lote para o show do Exodus em São Paulo estão esgotados e que já disponibilizou as entradas de 3º lote. A exibição do quinteto está confirmada para o dia 4 de outubro, no Carioca Club.

A expectativa para a apresentação de Steve “Zetro” Souza (vocal), Gary Holt (guitarra, Slayer), Lee Altus (guitarra), Jack Gibson (baixo) e Tom Hunting (bateria) em São Paulo é tão grande, que, apesar de ainda faltar mais de dois meses para o show, os fãs já dão indícios de que não querem perder esta performance.

E não é para menos. Apesar da injusta tarefa de substiuir o carismático Paul Baloff (falecido em 2002) após o clássico LP de estreia "Bonded by Blood" (1985), foi com "Zetro" que a banda alcançou o grande público ao gravar os álbuns "Pleasures of the Flesh" (1987), "Fabulous Disaster" (1989) e "Impact Is Imminent" (1990). A discografia do Exodus com o vocalista também conta com os álbuns "Force of Habit" (1992) e "Tempo of the Damned" (2004).

Recentemente, o vocalista Steve “Zetro” Souza enviou recado super descontraído convidando o público a prestigiar a tão aguardada exibição em São Paulo. Confira:

A nova passagem do Exodus pelo Brasil consiste nas seguintes datas:
01/10 – Botequim – Belém
02/10 – Minas Brasília Tênis Club – Brasília
04/10 – Carioca Club – São Paulo
05/10 – Circo Voador – Rio de Janeiro

Para maiores informações sobre os shows do Exodus no Brasil, clique AQUI


Shadowside anuncia lançamento oficial de novo videoclipe

A banda brasileira Shadowside finalmente começou a contagem regressiva para o lançamento oficial do videoclipe produzido para “Habitchual”, uma das principais composições do álbum "Inner Monster Out". Nos próximos dias, o grupo vai publicar diversas imagens em sua página oficial no Facebook, revelando novos detalhes dos bastidores e de todo processo de gravação.

O videoclipe de “Habitchual” será lançado no dia 8 de agosto, em www.shadowside.ws

Links relacionados:

http://www.facebook.com/shadowsideband
http://twitter.com/shadowsideband
http://www.shadowside.ws
https://www.facebook.com/UltimateMusicPR
http://www.studiokaiowas.com.br.

Por: Heavy Nation às 12h55 AM

Death/DTA: concorra a ingressos para o show de São Paulo

No dia 07 de setembro os headbangers brasileiros terão oportunidade de conferir de perto alguns músicos que gravaram álbuns clássicos do Death em um show que promete ser um dos melhores deste ano.

O grupo que virá se apresentar é formado por Gene Hoglan (bateria, Dark Angel, que gravou com o Death os álbuns "Individual Thought Patterns" e "Symbolic"), Bobby Koelble (guitarra, que tocou no álbum "Symbolic"), Steve DiGiorgio (baixo, que gravou os álbuns "Human" e "Individual Thought Patterns") e que conta com a participação especial de Max Phelps (vocal/guitarra Cynic/Exist).

Quer assistir ao show e ver de perto esses músicos que ajudaram a tornar o Death uma das bandas mais cultuadas do heavy metal? Então participe de nossa promoção e concorra a 3 ingressos!

Para participar é muito fácil, basta seguir atentamente as etapas abaixo:

A primeira etapa é curtir a página do Heavy Nation e também as páginas da ULTIMATE MUSIC e AMPLITUDE PRODUTORA (basta passar o cursor em cima dos nomes citados e clicar para ser direcionado).

Feito isso, CLIQUE AQUI para ser direcionado para a página do sorteio e nela basta clicar em “QUERO PARTICIPAR

Em seguida, envie email para heavynation@uol.com.br com o assunto "Promoção Death to All!" e não esqueça de incluir seu nome completo e o RG.

O sorteio será realizado no dia 02/09/2014 e o resultado anunciado aqui e em nossa página no Facebook!

Mas atenção! Será verificado se o ganhador realmente curtiu as páginas da promoção antes de validar o prêmio!


Confira o serviço do evento:

Serviço São Paulo
Agência Sob Controle orgulhosamente apresenta DEATH: DTA
Data: 7 de setembro de 2014 – domingo
Local: Via Marquês – http://www.viamarques.com.br
End: Av. Marquês de São Vicente, 1589 – próximo ao Metrô e Rodoviária Palmeiras-Barra Funda
Abertura da casa: 19h
Inicio show: 20:30
Classificação etária: A partir de 16 anos

Valor dos ingressos
1º Lote: R$ 80,00 (Pista Meia/promocional)
2º lote: R$ 100,00 (Pista Meia/promocional)
Camarote: R$ 150,00 (Meia/promocional)

Pontos de Venda
São Paulo – Galeria do Rock
Loja Hellion: 1° andar – 11 3223.8855
Loja Mutilation: 2° andar – 11 3222.8253
Loja 255: 2° andar – 11 3361.6951

Santo André – Metal Music: Rua Dona Elisa Fláquer, 184 – Centro – 11 4994.7565
Ingressos online: www.ticketbrasil.com.br (em até 12 vezes no cartão)

Por: Heavy Nation às 10h00 PM

ReVamp: no show em São Paulo, Floor Jansen enterra de vez o seu passado com After Forever

Edi Fortini


O ReVamp, banda liderada pela bela vocalista Floor Jansen (Nightwish, ex-After Forever) tocou nessa terça-feira, 20, na Clash Club em São Paulo. Numa turnê brasileira que incluem cinco datas, é a primeira vez que os holandeses vêm juntos para o Brasil.

Com uma ótima produção para uma noite caótica na cidade (diversas greves e manifestações ocorreram durante o dia), era iminente que muitos fãs ensandecidos estavam ali para ver a grande diva. A banda foi pontual: exatamente às 20h30 a música de introdução do show se iniciou e logo os integrantes se posicionaram no palco.

Todos os músicos são muito carismáticos e participativos, mas a grande presença de Floor é o destaque do show. E como é empolgante ver aquela mulher batendo cabeça!!


Com apenas dois álbuns lançados, a banda percorreu suas músicas mais famosas e tocou quase tudo o que o público gostaria de ouvir. Quase, pois uma grande parcela de fãs tinha esperança de que alguma música do After Forever fosse apresentada, o que não aconteceu.

Apesar da grande experiência de palco que a vocalista apresenta, o ReVamp ainda é uma banda nova e toca em locais menores, que comportam o público devido. E como a Floor sempre tem sua agenda lotada de compromissos com várias bandas, talvez dificilmente os veremos novamente por aqui. Mas tomara que voltem!

Veja álbum de fotos dessa apresentação

Confira as músicas que o ReVamp tocou em São Paulo:
The Anatomy of a Nervous Breakdown: On the Sideline
The Anatomy of a Nervous Breakdown: The Limbic System
In Sickness 'Till Death Do Us Part: All Goodbyes Are Said
Wild Card
Kill Me with Silence
Precibus
Sweet Curse
Amendatory
Million
Distorted Lullabies
I Lost Myself
Here's My Hell
Head Up High
The Anatomy of a Nervous Breakdown: Neurasthenia
Misery's No Crime
In Sickness 'Till Death Do Us Part: Disdain
Wolf and Dog
Sins
Nothing
In Sickness 'Till Death Do Us Part: Disgraced


Qual o verdadeiro clássico do Uriah Heep e porquê?


Curta a página do Heavy Nation no Facebook e saiba como concorrer a um par de ingressos para o show do Uriah Heep em São Paulo!

Por: Heavy Nation às 04h08 PM

Metal Week News: Amon Amarth, JackDevil e Sodamned


Os vikings suecos do Amon Amarth estarão no país neste final de semana e farão shows nas cidades Rio de Janeiro (16), São Paulo (17) e Curitiba (18). A turnê faz parte da "Latin American Tour", que além do Brasil, também vai passar pelo México, Chile, Equador, Costa Rica e Colombia.

Para informações sobre venda de ingressos e locais, acesse o site da Liberation, produtora do evento.

O mais recente álbum do Amon Amarth, "Deceiver of the Gods", foi lançado em 2013 e mais uma vez superou as expectativas dos fãs e imprensa especializada, sendo considerado um dos melhores registros da banda. Confira abaixo o videoclipe de "Father of the Wolf":


Os thrashers maranhenses do JackDevil estiveram recentemente no Sudeste e fizeram uma pequena turnê que passou por Jandira/SP, Santa Isabel/SP, São Paulo/SP e Belo Horizonte/MG.

O show na capital paulista aconteceu em 09/05, no Dynamite Pub, onde também tocaram as bandas Blasthrash, Beyond the Grave e Flageladör. Mas antes disso, na quarta-feira (7) o quarteto esteve no estúdio da Rádio UOL para participar da 148ª edição do programa Heavy Nation, que vai ao ar nesta quinta-feira (15), onde falaram sobre o debut álbum "Unholy Sacrifice", que possui letras inspiradas em obras de Stephen King, e, que segundo a revista Roadie Crew, já é um dos mais vendidos da Galeria do Rock ao lado do Nervosa, Iced Earth, Lacuna Coil e Adrenaline Mob.

Além do JackDevil, esta edição do Heavy Nation também vai trazer uma entrevista exclusiva com o Fred Bragança, ex-integrante da banda de hard rock Hottnyte, que se cansou da cena roqueira e formou o Bota Pressão, grupo de forró do Rio Grande do Norte que tem feito sucesso com o hit "Facebok Cat".


A banda catarinense de death metal Sodamned lançou recentemente o ep "Dynamite", que além da faixa título traz um cover do Rotting Christ, "The Sign of Evil Existence", e músicas remasterizadas da demo "On The Gallows, lançada em 2003.

"Dynamite pode ser considerada uma prévia do que está por vir no 'Songs for all and None', nosso segundo álbum que deverá sair em Agosto", explica o guitarrista e vocalista Juliano Régis. "Esta música conta com um trabalho mais elaborado de guitarras e andamentos mais variados, saindo um pouco daquela coisa bate-estaca."

Além de "Dynamite" e as faixas da demo "On The Gallows", o ep também traz a intro "Um Destino" (que a banda utilizava para abrir os shows) e um cover do Rotting Christ, "The Sign of Evil Existence". "Rotting Christ é uma das minhas influências. A gente passou uns 6 anos tocando "The Fifht Illusion" (do Non Servian, 1994) e enjoamos. Tocamos outros covers por um tempo, e depois optamos por "The Sign of Evil Existence", que é uma música que a galera curte e que funciona bem ao vivo. Funcionou tão bem pra gente que decidimos grava-la", finaliza.

Assista ao videoclipe de "Dynamite":

Por: Heavy Nation às 12h12 AM

Heavy Nation traz entrevista com Hevilan e toca hits do Picture e Epica

Da esq. p/ dir.: Marcelo Diszy e Johnny Moraes do Hevilan, Julio Feriato (Heavy Nation) e Devito (Planno D)

A Rádio UOL liberou nesta última quinta-feira (8) a mais nova edição do Heavy Nation. Desta vez os entrevistados foram os músicos Johnny Moraes (guitarra) e Marcelo Diszy (bateria), ambos da banda paulistana Hevilan, que lançou em 2013 o excelente álbum de estreia "The End of Time", com Aquiles Priester (Noturnall/Hangar/ex-Angra) nas baquetas.

No Metal Judgement, quadro em que os convidados escutam trechos de músicas de bandas nacionais e comentam suas impressões, os convidados tiveram que decidir entre as bandas Bright Storm, Lothlöryen e One Arm Away para rolar uma música inteira no programa.

Além da participação dos integrantes do Hevilan, o Heavy Nation também contou como convidado especial o vlogueiro Devito de Divitiis, do canal Planno D, que apresentou o programa ao lado de Julio Feriato.

O set list desta vez contou com Epica ao vivo, clássico do Picture e música do novo álbum dos thrashers Executer.

Clique aqui e ouça agora o Heavy Nation 147!


Também não deixe de ouvir as edições passadas do Heavy Nation!

Na semana anterior, o programa recebeu Daniel Erlandsson, baterista do Arch Enemy, que falou sobre sua carreira, sobre o novo álbum da banda e também comentou sobre a nova vocalista Alissa White-Gluz, que substituiu Angela Gossow no Arch Enemy.

No Metal Judgement, Daniel escutou as bandas Executer, Slasher e Exhortation. Ouça e saiba qual foi a favorita do músico!

Clique aqui e ouça


Children of Bodom & Deicide no Brasil

A Free Pass Entretenimento confirma as apresentações das bandas Children of Bodom e Deicide, mestres do death metal mundial. As bandas se apresentarão juntas na mesma noite em São Paulo (SP), no Carioca Club, dia 25 de Maio de 2014.

Em turnê intitulada “The Halo of Blood Tour 2014”, o Children of Bodom fará apresentação única no Brasil. A banda se apresentará na cidade de São Paulo/SP, no Carioca Club, dia 25 de Maio de 2014.

Já o Deicide, além da apresentação em São Paulo junto com o Children of Bodom, o grupo também se apresentará em São Leopoldo (RS) no dia 24 de Maio de 2014, na Sociedade Orpheu.

Serviços
Show: DEICIDE / CHILDREN OF BODOM
Data: 25 de Maio de 2014, Domingo
Horário: Portas – 17h / Deicide – 19h / Children of Bodom – 21h
Local: Carioca Club (www.cariocaclub.com.br)
Endereço: Rua Cardeal Arcoverde, 2.899 – Pinheiros – São Paulo – SP
Telefones: (11) 3813-8598 / 3813-4524 / 3814-5711
Classificação etária: 14 anos -
Capacidade: 1500 pessoas

*Será expressamente proibida a entrada de câmeras fotográficas profissionais e semi-profissionais, e filmadoras de qualquer tipo.
*A organização do evento não se responsabiliza por ingressos comprados fora do site e pontos de venda oficiais.

Para maiores informações e compras de ingressos, acesse o site da Freepass

Por: Heavy Nation às 12h59 PM

Metal Week News: Picture, Lacuna Coil, Executer

Foto: Membros atuais do Picture

Duas bandas lendárias do heavy metal europeu tocam no Brasil: Picture e Grim Reaper. A mini- turnê vai passar por Várzea Paulista/SP (02/05), Londrina/PR (04/05), Rio de Janeiro (08/05) e Limeira/SP (09/05). Clique aqui para informações sobre venda de ingressos.

Picture é uma das primeiras bandas Holandesas de Heavy Metal. Formada em 1979, eles foram especialmente populares na Holanda, Alemanha e Itália, por suas performances ao vivo, mas possuem também uma base de fãs na América do Sul, México e Japão. Eles fizeram uma turnê completa na Europa em 1981. Mais tarde, realizaram uma excursão com Rose Tattoo, na Alemanha, e como banda principal na Itália e Israel.

Por coincidência (ou não), a Hellion Records do Brasil relançou cinco álbuns da discografia do Picture: "Warhorse" (2012), "Picture I" (1980), "Diamond Dreamer" (1982),  "Eternal Dark" (1983) e "Heavy Metal Ears" (1981). Os fãs mais novos devem se lembrar do Picture por causa da ótima versão de "Eternal Dark" que os suecos do Hammerfal regravaram em meados dos anos 2000. Compare as duas versões nos videos abaixo:


A Hellion também licenciou para o Brasil o novo álbum do Lacuna Coil, "Broken Crown Halo", que tem recebido ótimas críticas tanto dos fãs quanto da imprensa especializada.

E a banda também faz uma pequena turnê pelo Brasil em Maio, fique atento as datas: Curitiba/PR (09/05), São Paulo/SP (10/05) e Rio de Janeiro (11/05). Maiores informações sobre locais e preço de ingressos você encontra diretamente no site da Liberation Music.

Assista ao video que os vocalistas Andrea Ferro e Cristina Scabbia gravaram convidando os fãs para o shows e também ao clipe do single "I Forgive (But I Won't Forget Your Name)":



Outro lançamento que merece destaque é "Helliday", novo álbum da banda thrash metal Executer, lançado pela Kill Again Records.

Este já é o quarto trabalho do quarteto de Amparo/SP e exibe uma evolução incrível comparado aos antecessores. Thrash metal ríspido, agressivo e rápido com nítidas influências das bandas alemãs é o que você vai encontrar aqui. A capa também merece destaque por ser uma das mais legais já feita por uma banda brazuca.

Confira o video abaixo com a faixa-titulo:

Por: Heavy Nation às 10h43 PM

Thorhammer fest 8ª edição (Clube Piratininga, São Paulo, 18/04/14)

Por Durr Campos / Fotos: Fernando Yokota (veja galeria completa)

Faz um bom tempo que estive em um Thorhammerfest. Da última vez a maior festa de celebração pagã da capital paulista estava em sua quarta edição, apresentava uma estrutura mais tímida e foi abrigada em um local bem menor que o Clube Piratininga. No mais, estava tudo lá intacto: as costumeiras encenações de batalhas nórdicas com o grupo Ordo Draconis Belli, artesanato típico, merchandising dos grupos participantes e de outros nomes do pagan, folk, viking, epic e barbaric metal; também podia-se encontrar comidas e bebidas mais voltadas ao passado dos grandes guerreiros (em condições bem melhores de higiene, logicamente), assim como todos ao artigos que fazem a alegria dos escandinavos tupiniquins. O feriado começava em grande estilo, por isso eu e Julio Feriato nos mandamos para o campo de batalha a fim de acompanharmos de perto o que Wotan reservara para nossa cidade.

Para esta feita o evento trouxe o THYRFING, banda sueca das mais celebradas no meio e algo raro de se ver tendo em mente que o quinteto pouco apresenta-se ao vivo, inclusive na Europa. Para deixar tudo ainda mais interessante, nomes nacionais como ARTHANUS, PAGAN THRONE e IRON WOODS aqueceram o público e os preparam para o Ragnarok. Em tempo, haveria ainda uma outra atração, VINGARD, mas cancelaram “por motivos de força maior”, me utilizando das palavras da produção da festa.


O Arthanus é um forte nome do cenário viking brasileiro e vem agradando apreciadores de Amon Amarth e Falkenbach, assim como aqueles que simplesmente se divertem ao ouvir um belo death metal regado a guitarras bem timbradas e sincronizadas. Aliás, sem dúvidas os destaques são mesmo Saulo Peghin e Fellipe Magri e suas seis cordas matadoras! Aprecio o EP “Asgard Palace”, lançado ano passado, tendo inclusive feito uma resenha sobre o mesmo a qual pode ser lida AQUI. O line-up é completado pelo ótimo baixista Bruno Abbate, o frontman Thiago Ap e pelo baterista Rogério Luque, o qual foi bastante prejudicado pela fraca equalização de seu instrumento. Em boa parte ouvíamos apenas bumbos. Foram apenas 40 minutos, mas a rapaziada mandou ver e mostrou que estão aí para ficar. Destaques para “Valkyria”, “Ode To My Enemies” e “Fenrir”.

Set-list Arthanus
Intro/Legion of Gods
Valkyria
Ode to My Enemies
Arthanus (King of Azuris)
Fenrir
Asgard Palace/Outro

Links Relacionados
https://www.facebook.com/ArthanusViking
https://www.arthanus.com/


Ainda fora do clube, percebi que havia ali muitos fãs do Pagan Throne. A horda carioca possui sua base de seguidores e a merece, pois praticam um som empolgante e bem diversificado, ora mais symphonic black metal ora mais épico. Apenas a extrema demora para o início de seu concerto derrubou a vibração primeva quando sua crew montava o cenário. Para se ter uma ideia, da última nota tocada pelo Arthanus até a primeira do PT passaram mais de uma hora! Logicamente houve empecilhos de ordem técnica, mas na real a plateia queria som rolando e me admira a paciência daqueles guerreiros, ainda mais estando em uma pradaria a temperaturas tão elevadas. Felizmente ao adentrarem o palco, Rodrigo Gram (vocais), Raphael Casotto (guitarra), Eddie Torres (baixo) e Alexandre Absalão (bateria) recompensaram seus conluiados de forma vívida e habilidosa. Dentre passagens mais acústicas, harmonias esplendorosas e arranjos homéricos, desfilaram odes à Valhalla tais quais "The Trial of Your Gods", uma de minhas favoritas, assim como as estonteantes "Disease of New World", "Northern Forests" e algumas outras de suas mais fortes a exemplo de "Swords of Blood" e “The Beast of the Sea”. Enfim, para quem já conhecia o ótimo EP “Pagan Heart” o ato fora nada menos que preclaro.

Set-list Pagan Throne
Intro/Swords of Blood
The Trial of the Gods
Pagan Heart
Disease of the New World
Course of the Old Domain
The Beast of the Sea
Northern Forests

Links Relacionados
https://www.facebook.com/pages/Pagan-Throne/144394372292212
https://www.myspace.com/paganthrone
http://paganthrone.blogspot.com.br/


Por conta do ótimo desempenho do mavórcio vindo do Rio de Janeiro, era esperado ainda mais do Iron Woods devido ser a co-atração principal daquela noite. Naquele instante eu sentia o ápice do calor ali na casa, mas fiquei até envergonhado disso ao avistar Holykran trajando sua armadura! Coragem do beligerante por enroupar-se daquele modo, ainda mais por conta da incomodidade que deve ser labutar e arcar com a gravidade. O mesmo vale para os demais componentes da hoste, ou seja, a baterista efetiva Guerriera Nox (bateria) e os reforços Fernando Iser (guitarra) e Thiago Degliottoni (baixo).


Se o caro leitor conhece o Iron Woods sabe de seu ‘savoir-faire’ ao apinhar diferentes sortes em seus ritos. Dali você pode aguardar brutalidade e pujança como em “At War Against All” e na que leva o nome da banda, item responsável por abrir a sessão. Perceba que os elementos do metal oitentista entrelaçam-se muito bem aos rudimentos bélicos e ancestrais emanados pelos riffs glaciais de Holykran. O ‘hit’ “Valhalla Land” é sempre sucesso e provoca coros viçosos por onde ecoa, mas eu me divirto com “Hail Beer”, a trova folk/punk rock mais bacana que eu tenho notícia. Tá certo que os vocais poderiam ser mais bem urdidos, porém é inegável seu apelo dançante e pândego. Eu que estava meio combalido me vi empunhando uma cerveja de trigo brindando junto aos armíferos de Odin!

Set-list Iron Woods
Intro/Iron Woods
At War Against All
Valhalla Land
Hail Beer
Battle Glory
Samhain Night

Links Relacionados
https://www.facebook.com/pages/Iron-Woods/130330097030291
https://www.myspace.com/ironwoodsorder

Por volta das 20h30 o Thyrfing abriu os portões rumo ao encontro do filho de Borr e Bestla. A formação que nos visitou consiste em Patrik Lindgren (guitarra), Fredrik Henrborg (guitarra), Joakim Kristensson (baixo), Dennis Ekdahl (bateria) e Jens Rydén, que substitui o cantor original Thomas Väänänen, responsável por gravar os cinco primeiros álbuns do grupo. Jens possui seus predicados musicais, mas faz falta o seu antecessor, ainda mais por sabermos que nem o fraco “Hels Vite” (2008) nem o mais recente “De Ödeslösa” (2013) chegam perto do seu debut editado há mais de 15 anos ou do soberbo e inigualável “Valdr Galga” (1999).

Mesmo assim, no entanto, tiveram os fãs nas palmas das mãos. O início com a recente “Mot Helgrind” mostrou-se eficiente para a casadinha com outra não tão velha, “The Voyager”, uma das raras cantadas em inglês. A seguinte, “Kaos Återkomst”, veio do mesmo disco que a antecessora, “Vansinnesvisor” (2002). Ao meu gosto pessoal foi de fato a primeira que me atraiu atenção no set. Aproveitei “Griftefrid” para pegar outra cerveja e voltei correndo a fim de não perder a ótima “Mjölner”, do excelente “Urkraft” (2000).  De volta ao novo com o duo “Veners Förfall” e “Kamp”, esta mostrando notável desempenho de Rydén. Sua abertura é bem cativante e a destaco em “De ödeslösa”, sem dúvidas.

“Från stormens öga” não é lá tão chata, daí foi merecida sua inclusão no repertório. Felizmente as duas entoadas na sequência deixaram o show mais vil. Trata-se de “Far åt Helvete” e da soporífica “Digerdöden”, uma de minhas mais prezadas. Daí em diante só foram clássicos. Nesta ordem, tocaram a fenomenal “Sweoland Conqueror”, emendada com as onipotentes “A Great Man's Return” e “Storms of Asgard”, ambas responsáveis pelo melhor momento de todo o Thorhammerfest disparado. O primeiro registro, o qual leva o nome “Thyrfing” (1998) foi lembrado infelizmente apenas na derradeira fracção, quando tive a regalia de escutar uma bela versão da vultuosa “Going Berserk”. E dela eu deixo um fragmento que resume a soalheira que estava o lugar: “Heated by the strongest of mead my blood is boiling...”, que em tradução livre seria “O forte calor do campo faz meu sangue ferver...”

Set-list Thyrfing
1. Mot Helgrind
2. The Voyager
3. Kaos Återkomst
4. Griftefrid
5. Mjölner
6. Veners Förfall
7. Kamp
8. Från stormens öga
9. Far åt Helvete
10. Digerdöden
11. Sweoland Conqueror
12. A Great Man's Return
13. Storms of Asgard
14. Going Berserk

Links Relacionados
https://www.thyrfing.com/
https://www.facebook.com/thyrfingofficial‎
https://myspace.com/valorgalga

Por: Heavy Nation às 01h03 AM

Warrel Dane, a voz do Sanctuary e Nevermore, no Heavy Nation

Foi com muita honra que recebemos no estúdio da Rádio UOL o lendário cantor americano Warrel Dane, ex-Nevermore, que esteve em turnê solo pelo país e está prestes a lançar um novo álbum com seus velhos amigos do Sanctuary. "Para voltar com o Sanctuary tivemos que primeiramente voltar a ser amigos", explica Dane, em entrevista ao Heavy Nation.

Esbanjando bom humor e simpatia, o músico relembrou os tempos de sua primeira banda, o Serpent's Knight, explicou o porquê do Nevermore ter acabado e falou muita coisa sobre o Sanctuary e sua carreira solo.

No Metal Judgement, quadro em que os convidados escutam trechos de músicas de bandas nacionais e comentam suas impressões, Dane teve que decidir entre as bandas Statik Majik (Rio de Janeiro/RJ), Noturnall (São Paulo/SP) e Fire Strike (São Paulo/SP) para rolar uma música inteira no programa.

Ouça o Heavy Nation 144 com Warrel Dane


Resultado Promoção Obituary

Queremos agradecer a todos os 250 ouvintes que enviaram email querendo ganhar os ingressos para o show do Obituary! Mas infelizmente a grande maioria das pessoas não seguiu as regras corretamente, que eram:

* Curtir a página do Heavy Nation no Facebook

* Enviar no email nome completo e RG

Muitos deixaram de concorrer porque não curtiram a nossa página no Facebook ou porque não enviaram seus dados no email!

Fiquem atentos nas regras das próximas promoções!

Quem levou o par de ingressos foi Hugo Andrade Nunes, de São Paulo/SP. Sua resposta para a pergunta "qual o álbum mais clássico do Obituary" foi:

"O álbum mais clássico do Obituary, sem dúvida é "Slowly we Rot", o álbum é extremo e pesado, John Tardy está com o vocal gutural e violento, a bateria de Donald Tardy é insana e a linha de guitarras de Allen West e Trevor Peres estava afiadíssima, junto com o baixo pesado de Daniel Tucker. Músicas como "Gates of Hell". "Internal Bleeding" e a faixa titulo traduzem bem a palavra Death Metal, o que estava por vir décadas depois, o grupo é um dos pilares do Death Metal e continua melhorando a cada álbum, segredo esse para explicar a imensa legião de fãs do grupo, do qual eu orgulhosamente me incluo."


Kataklysm estréia nesta sexta-feira em SP

Considerado um dos nomes mais respeitados do thrash/death metal mundial, o grupo faz show de estréia na América do Sul, nesta sexta-feira (25/04), no tradicional Hangar 110, em São Paulo.

Após uma longa excursão pela Europa e América do Norte, Maurizio Iacono (vocal), Jean-Francois Dagenais (guitarra), Stephane Barbe (baixo) e Oli Beaudoin (bateria) chegam ao país com a turnê promocional do elogiado álbum “Waiting for the End to Come”. Inclusive Maurizio Iacono enviou recado aos fãs. Confira no video abaixo:

Os ingressos continuam à venda e custam de R$60,00 (meia – 1° lote) e R$80,00 (promocional com 1kg de alimento – 1° lote) e podem ser adquiridas na Loja 255 (Galeria do Rock) ou pela internet, através do site www.hangar110.com.br.

Serviço São Paulo
Damar Productions, Hangar 110 e Fusa Records apresentam Kataklysm
Dia: 25 de abril de 2014
Local: Hangar 110
End: Rua Rodolfo Miranda, 110 – ao lado do Metrô Armênia
Hora: 20h (open door) | 21h: In Torment | 22h: Kataklysm
Ingressos
1° Lote: R$60,00 (meia) | R$80,00 (promocional com 1kg de alimento)
2° Lote: R$70,00 (meia) | R$90,00 (promocional com 1kg de alimento)
Ponto de venda: Loja 255 - Galeria do Rock
Ingressos online: www.hangar110.com.br
Censura: 14 anos

Por: Heavy Nation às 01h51 PM

Heavy Nation 143 traz versão hard rock para clássico de Tina Turner e entrevista com a banda Krow

Integrantes do Krow com os apresentadores Julio e Fernanda (ao meio)

Foi pro ar nesta última quinta-feira (10) a 143ª edição do Heavy Nation, que trouxe entrevista exclusiva os integrantes da banda Krow, que junto com o Genocídio abre o show do Obituary em São Paulo no próximo dia 27.

Formado atualmente por Guilherme Miranda (guitarra e vocal), Jhoka Ribeiro (bateria), Lucas "The Carcass" Simon (guitarra) e Cauê De Marinis (baixo), o Krow conta com dois álbuns de estúdio e mostraram em primeira mão no programa a música "Relentless Disease", que faz parte do ep de mesmo nome que será lançado ainda este mês e que foi gravado na Suécia com produção de Ronnie Björnström, guitarrista da banda death metal Aeon.

Versão hard rock de clássico de Tina Turner

Um dos destaques da edição ficou para a versão hard rock de  "What`s Love Got To Do With It", da Tina Turner, que a banda sueca Confess apresemtou em seu mais recente trabalho intitulado "Jail". Além da regravação deste clássico do pop/rock dos anos 80, o set list também contou com Nevermore e Vader.

No Metal Judgement, quadro em que os convidados escutam trechos de músicas de bandas nacionais e comentam suas impressões, a disputa desta edição ficou por conta dos trabalhos do Evil Rock (Brasilia/DF), Gestos Grosseiros (São Paulo/SP) e Sodamned (Jaraguá do Sul/SC).

Ouça o Heavy Nation 143 com Krow


Promoção de ingressos para o show do Obituary em São Paulo continua!

O Heavy Nation em parceria com a Rock Brigade vai presentar um ouvinte do programa com um par de ingressos para assistir ao show do Obituary em São Paulo.

Para participar da promoção, curta a página do Heavy Nation no Facebook e envie email para heavynation@uol.com.br com o assunto "Promoção Obituary" e responda a pergunta: "qual o álbum mais clássico do Obituary?" Nos convença o porquê de você achar que aquele disco é o melhor da banda!

A melhor resposta leva o par de ingressos.

Atenção!
* Aceitaremos emails enviados até 21/04/2013
* Não esqueça de incluir no email: nome completo e número do RG. Quem esquecer de mencionar qualquer uma dessas informações estará automaticamente fora da promoção
* Não adianta somente enviar o email, é preciso curtir a página do Heavy Nation do Facebook também!

Por: Heavy Nation às 01h32 AM

Heavy Nation 142: John Tardy, vocalista do Obituary, concede entrevista ao programa

Na mais recente edição do programa Heavy Nation, os apresentadores Julio Feriato e Fernanda Lira bateram um papo por telefone com John Tardy, vocalista da banda death metal americana Obituary.

Na entrevista, Tardy falou algumas novidades sobre o novo álbum, relembrou o inicio da carreira do grupo, e entre outros assuntos também relembrou Scott Burns, produtor que trabalhava com a maioria das bandas de death metal da Flórida no final dos anos 80 e inicio dos anos 90.

Ouça Heavy Nation 142 com John Tardy

Concorra a um par de ingressos para o show do Obituary em São Paulo

O Heavy Nation em parceria com a Rock Brigade vai presentar um ouvinte do programa com um par de ingressos para assistir ao show do Obituary em São Paulo!

Para participar da promoção, curta a página do Heavy Nation no Facebook e envie email para heavynation@uol.com.br com o assunto "Promoção Obituary" e responda a pergunta: "qual o álbum mais clássico do Obituary?" Nos convença o porquê de você achar que aquele disco é o melhor da banda!

A melhor resposta leva o par de ingressos.

Atenção!

* Aceitaremos emails enviados até 21/04/2013

* Não esqueça de incluir no email: nome completo e número do RG. Quem esquecer de mencionar qualquer uma dessas informações estará automaticamente fora da promoção

* Não adianta somente enviar o email, é preciso curtir a página do Heavy Nation do Facebook também!


Por: Heavy Nation às 08h08 PM

A maratona de shows do mês de março: leia o que rolou

Por Julio Feriato

Realmente não dá para discordar quando dizem que São Paulo se tornou a capital mundial dos shows de heavy metal. Basta ver quantidade de eventos dedicados ao estilo em praticamente todos os finais de semana (e outras vezes até no meio dela), tanto com shows internacionais de bandas consagradas quanto de bandas ditas menores. Ou seja, a única coisa que o headbanger paulistano tem para reclamar é se tem dinheiro para acompanhar tudo o que acontece na cidade.

Os dois Mários: Pastore e Linhares / Foto: Pri Secco

A simpática cantora alemã Doro Pesch se apresentou no Carioca Club no dia 8 de março. Com a casa cheia, ela fez um show impecável recheado de clássicos de sua antiga banda, Warlock. No dia 15, exatamente uma semana depois, a banda baiana de black metal Mystifier tocou na Fofinho, tradicional casa de shows que realiza eventos dedicados ao metal extremo. Na mesma noite, os brasilienses do Dark Avenger fizeram um show especial na Clash Club. Especial porque seria o último do grupo antes do vocalista Mario Linhares enfrentar uma cirurgia na coluna (realizada na semana seguinte). A Clash encheu de fãs fervorosos que sabiam de cor cada música executada do novo álbum "Tales of Avalon - The Lament" e as cantavam em uníssono. Linhares respondeu à altura e não se abalou nem depois do susto de cair do palco, retornando alguns segundos depois como se nada tivesse acontecido. O evento também contou com as bandas Pastore e Zaltana. Esta última não agradou muito com seu metal moderno, talvez por ser completamente desconhecida por aqui. Já o Pastore, que entrou em seguida, tinha mais admiradores. Neste show de São Paulo, o grupo estava totalmente reformulado e da formação original ficou apenas o vocalista Mario Pastore. A banda lançou em 2012 o álbum "The End of Our Flames" e foi muito bem recebido tanto pela crítica quanto pelo público, e ainda foi um dos álbuns de metal mais vendidos no Japão ao lado de nomes consagrados do estilo.

Iced Earth no Carioca Club / Foto: Evandro Camellini

No último dia 23 de março, os norte-americanos do Iced Earth fizeram uma bela apresentação no Carioca Club. A banda divulga "Plagues of Babylon", seu mais recente trabalho de estúdio e segundo com o vocalista canadense Stu Block. Casa lotada e show impecável apesar do setlist não conter tantos clássicos. Mas não esqueceram de músicas obrigatórias como "The Hunter", "Burning Times" e "Watching Over Me". A banda estava entrosada, mas foi impossível não notar a cara de poucos amigos do guitarrista e líder Jon Schaffer. Tudo bem que ele nunca foi de se movimentar muito, mas neste show ele parecia uma estátua. Mais tarde ficou-se sabendo que o motivo da sua falta de interação foi porque ele estava sentindo muitas dores nas costas –Stu Block também não estava 100% devido uma infecção na garganta que teria tido naquela mesma semana.

Thiago Bianchi e Aquiles Priester, da Noturnall / Foto: Marcos Cesar

E a maratona mês de março fechou em grande estilo neste último final de semana. No sábado (29) o lendário guitarrista alemão Uli Jon Roth (ex-Scorpions) tocou no Manifesto Bar ao mesmo tempo em que a Noturnall, banda formada por integrantes do Shaman e que conta com o baterista Aquiles Priester (Hangar, ex-Angra), se apresentava no Carioca Club com casa lotada. O show foi memorável, tanto em termos técnicos como qualidade do som e iluminação, quanto da performance dos músicos que estão afinadíssimos e muito bem entrosados. A noite ainda contou com a participação especial de Russel Allen, vocalista da banda norte-americana Symphony X, que praticamente roubou a cena com sua voz poderosa e pela sua altura (Thiago Bianchi, vocalista da Noturnall, ficou baixinho perto dele mesmo usando um par de botas plataforma). E tudo foi registrado para um DVD que pretendem lançar em breve.

Fernanda Lira (Nervosa) / Foto: Julio Feriato

No domingo (30), o trio feminino de thrash metal Nervosa lançou oficialmente seu primeiro álbum, "Victim of Yourself", no Brasil. O show de lançamento foi no Hangar 110 e também contou com as bandas Leatherfaces e Lama Negra, que abriram a tarde em alto estilo. Já a Nervosa fez uma apresentação digna de banda grande. O som estava ótimo e as garotas deixaram todos boquiabertos com sua performance. Provavelmente alguns que ali estavam já fizeram parte da galera que adorava criticá-las no passado, mas essas críticas negativas aos poucos se tornam cada vez mais positivas, à medida que o trio consolida seu nome no mercado mundial do heavy metal. Uma grande prova disso é que "Victim of Yourself" já é campeão de vendas do selo Die Hard, tanto no atacado quanto no varejo, e na Europa a gravadora Napalm Records já planeja uma turnê da banda tanto no velho continente quanto na América do Norte. Conquistas que poucos conseguiram em tão pouco tempo e pode "reabrir" as portas para que outros nomes do metal nacional possam conseguir o mesmo.

HIM em São Paulo / Foto: Edi Fortini

Fechando o domingão, após assistir a excelente apresentação da Nervosa, foi a vez de ir ao HSBC Brasil para conferir de perto o show dos finlandeses do HIM, que se apresentaram no Brasil pela primeira vez. A banda tem no currículo o fato de ter sido uma das que mais venderam álbuns nos anos 2000 na Europa e há muito tempo que o público brasileiro esperava por uma apresentação por aqui. E a expectativa foi confirmada com a presença em massa dos fãs que deram um show à parte, pois quando os integrantes entraram no palco e começaram a tocar "Buried Alive by Love", o som que estava um exagero de tão alto foi abafado pelos gritos da plateia. Foi uma apresentação recheada de clássicos como "Join Me in Death", "For You" e "Wicked Game", com direito a invasões de fãs no palco e até um sutiã bordado com o símbolo da banda foi arremessado para o vocalista Ville Valo. Ficou nítido que os finlandeses não esperavam uma recepção tão calorosa do público brasileiro e com certeza não irão demorar tanto para voltar ao país.

Por: Heavy Nation às 02h49 PM

Paradise Lost: sem muito o que dizer

Que a Inglaterra é uma nação mais introspesctiva que a do Brasil todos sabemos. Mas há momentos em que essa falta do que falar ultrapassa as barreiras do bom senso. Prova disso é esta entrevista realizada pela produtora Dark Dimensions com o vocalista Nick Holmes, da banda Paradise Lost, grupo inglês toca em Curitiba/PR em 11 de abril e em São Paulo/SP no dia 12 do mesmo mês. O músico simplesmente respondeu somente o necessário, sem mais, nem menos. Confira.

O Paradise Lost tem uma carreira com mais de 25 anos e vários álbuns. Você tem algum favorito?
É difícil dizer. Depois de todos esses anos meu gosto musical mudou bastante, mas eu ainda gosto de “Shades of God” (1992) e “Host” (1999).

A sonoridade do mais recente trabalho, “Tragic Idol” (2012), lembra um pouco o “Draconian Times” (1995). Vocês tiveram alguma influência desse disco ao compor as músicas, sendo que vocês até gravaram um álbum ao vivo e um DVD tocando ele na íntegra?
Não especificamente. Eu realmente não gosto de ficar olhando o passado, pois como banda nós seguimos em frente e mudamos como pessoas. De qualquer modo, talvez Greg [Gregor Mackintosh, guitarrista] subconscientemente tenha pensado nisso ao compor as músicas de “Tragic Idol”.

Como a banda escolhe o setlist dos shows já que vocês têm muitas músicas consideradas como clássicas?
Nós tocamos muitas músicas durante todos esses anos e sabemos muito bem quais músicas funcionam ao vivo e quais não funcionam, bem como as nossas favoritas que traduzem muito bem nossas apresentações ao vivo.

Como é o processo de composição de um álbum pra você?
Nos ficamos geralmente uns nove meses escrevendo músicas e gravando demos, e geralmente nos preparamos muito bem antes de entrar em estúdio.

Quais são as maiores diferenças entre as turnês da época do “Draconian Times” e da fase atual da banda?
Nós temos menos cabelos e todos ganharam um pouco mais de peso (risos). Obviamente a era “Draconian Times” foi há vinte anos e sair em turnês agora às vezes é mais cansativo.

Quais os planos da banda após o encerramento desta turnê?
Eventualmente iremos começar a compor de novo, mas não imediatamente. Sair em turnês é cansativo e é importante a gente dar uma pausa antes de começar escrever novas músicas, pois ajuda em nossa criatividade.

Apesar de vocês terem tido vários bateristas o restante da banda está junto desde o começo. Qual a fórmula para sempre manter os mesmos integrantes?
Nós continuamos com o mesmo senso de humor e isso ajuda bastante.

Atualmente há várias bandas novas. Há alguma delas que tenha surpreendido você?
As últimas bandas que me impressionatam foram Kvelertak e Ghost, mas acho que não dá mais para considera-las como bandas emergentes!

O que podemos esperar deste show do Brasil?
Muita música alta e um barbudo gritando.


Por: Heavy Nation às 05h54 PM

Seventh Seal fala sobre novo álbum no Heavy Nation

Integrantes do S7th Seal: Tiago Claro (G), Leandro Caçoilo (V) e Thiago Oliveira (G)

Com quase vinte anos de estrada, os paulistas do Seventh Seal lançaram no começo deste ano seu trabalho mais maduro, pesado e até certo ponto experimental, o ótimo "Mechanical Souls".

A produção cuidadosa ficou nas mãos do guitarrista Thiago Oliveira e mixagem feita pelo renomado Brendan Duffey, do Norcal Studio. O resultado final surpreendeu a todos que acompanham a banda desde o início, pois o som está mais "na cara" do que os álbuns lançados anteriormente. "Neste disco usamos a mesma afinação que bandas como Soilwork e Warrel Dane (solo) usam", explica Thiago.

Além das guitarras com afinação mais grave, o fato de o álbum contar com o vocalista Leandro Caçoilo (ex-Eterna, Sacred Sinner, Aquaria), que está cantando de maneira mais agressiva do que fazia em suas bandas anteriores, fez muita diferença. "As pessoas achavam que, por causa do Leandro, álbum iria soar como Helloween, mas foi justamente o contrário. A gente queria chocar e não fazer o que todos esperavam", confessa Thiago. "Queríamos algo mais orgânico, com pegada, e não precisávamos dizer ao Leandro como ele deveria cantar, ele simplesmente chegava no estúdio e destruía tudo".

Ouça entrevista com Seventh Seal na íntegra

Além da entrevista com a banda, confira o que rolou na edição 141 do Heavy Nation:
Quadro Metal Judgement com as bandas LeftHand, Paradise Inc. e Hammathaz, além de set list com Clairvoyants & Andre Matos fazendo cover do Iron Maiden, Pastore e clássico do Fates Warning.

Por: Heavy Nation às 12h38 PM

Genocídio faz pocket show de lançamento do novo álbum

Por Edi Fortini

Algumas bandas costumam afirmar que seu melhor trabalho é sempre o mais recente e este texto só vem confirmar essa sentença: o oitavo álbum dos paulistanos do Genocídio é uma verdadeira obra prima do metal underground nacional.

Lançado no final do ano passado em formato de cd e vinil com cópias limitadas, “In Love with Hatred” traz uma formação coesa, com a agressividade e o peso de sempre da banda.


Para a divulgação desse novo trabalho, a banda fez um pocket show no último dia 22 de fevereiro, no Estúdio Produssom em Pinheiros, na capital paulistana, que contou também com a gravação do novo videoclipe para a música “Come to the Sabbath”, uma cover do Mercyful Fate. Sobre a escolha do cover do Mercyful Fate para o novo videoclipe, Murilo deu uma resposta simples e direta: “Todos são fãs da banda”.

O evento foi divulgado no perfil do grupo do Facebook e teve um número restrito de lugares para comportar de forma confortável diversos convidados entre fãs e imprensa e justamente por isso, os ingressos se esgotaram poucas horas após a divulgação.


O Genocídio está presente em nossa cena nacional há quase 30 anos e nesse ínterim obviamente vivenciou diversas situações, tais como: diversas mudança de formação, mudanças em modelos de negócio da indústria fonográfica, crises econômicas, além de diversos dilemas pessoais de seus integrantes (todos nós sabemos que não é nada fácil viver com música no Brasil). Esse pocket show serviu não só para mostrar o novo álbum, mas também para confirmar essa “volta por cima” desses paulistanos, com a mesma garra que sempre vimos.

A mais recente formação da banda conta não só com excelentes músicos, mas também de membros com uma grande experiência em várias outras bandas nacionais e conta com: Murillo Leite (vocal e guitarra, ex-Apoleon, Mastiff e The Cellts), Wanderley Perna (baixo), Rafael Orsi (guitarra e backing vocals, dos projetos Darkness In Flames e The Anger) e o baterista João Gobo (das bandas Arum, Darkness In Flames, Eternal Malediction e Scars).

O pocket show apresentou o novo álbum na íntegra e na sequência e só não foi melhor por não poder comportar a presença da Sphaera Rock Orchestra (regida pelo maestro Alexey Kurkdjian), que colaborou com duas faixas.

Além disso, o show contou com a presença ilustríssima de dois convidados: Manu Henriques, do Uganga, que tocou com a banda em “I Deny” e com Vitor Rodrigues, vocalista do Voodoopriest, que colaborou com sua potente voz e presença de palco para “Unseen Death.

Ao final da apresentação, a banda ainda recebeu alguns fãs para algumas palavras, fotos e autógrafos.

Confira abaixo o setlist apresentado:
Birth Of Chaos
Kill Brazil
Reverse
In Love With Hatred
I Deny
Till Nothing Do Us Part
Inner Aflictive Scare
Unseen Death
Come To The Sabbath (Cover - Mercyful Fate)
Passion And Pride
White Room Red
Outro

Confira mais fotos AQUI


Paradise Lost em São Paulo, fique atento as datas

Por: Heavy Nation às 06h20 PM

Heavy Nation apresenta novo single de Anette Olzon e entrevista com Chaos Synopsis

Integrantes da Chaos Synopsis com os apresentadores do Heavy Nation

A edição 140 do Heavy Nation contou com a participação de Jairo e Friggi "MadBeats", integrantes da banda Chaos Synopsis. A banda lançou em 2013 o segundo álbum de estúdio intitulado "Art of Killing", com letras de abordam estórias reais sobre alguns assassinos em série.

No Metal Judgement, quadro em que os convidados escutam trechos de músicas de bandas nacionais e comentam suas impressões, a disputa desta edição ficou por conta dos trabalhos do Sangrena (Amparo/SP), Genocidio (São Paulo/SP) e Warcursed (Campina Grande/PB).

No set list, primeiro single de Anette Olzon (ex-Nightwish), Dark Avenger e clássico do Attomica.

Ouça o Heavy Nation 140 e concorra a cds do Chaos Synopsis

O Heavy Nation irá presentear 5 ouvintes com um cd do Chaos Synopsis. Para concorrer, envie email para heavynation@uol.com.br com o assunto 'Promoção Chaos Synopsis' e respnda a pergunta:

"Qual sugestão você daria para melhorarmos ainda mais as edições do Heavy Nation?"

Os cinco que enviarem as respostas mais coerentes e contrutivas, levam um cd "Art of Killing".

Atenção!
* Não esqueça de enviar no email: nome completo e endereço de entrega COM CEP. Os que não enviarem os dados completos ficarão automaticamente de fora da promoção

* Emails serão aceitos até 12/03/2014

Ouça o Heavy Nation 140 com Chaos Synopsis


HIM em SP: à venda apenas ingressos de pista! Outros setores esgotados!

O HIM, considerado um dos maiores ícones da música mundial, faz único show no país, no próximo dia 30 de março de 2014, no HSBC Brasil, em São Paulo. Esta é mais uma realização da Rádio & TV Corsário, que também está proporcionando o retorno do Sonata Arctica (19/03/14 – Carioca Club – São Paulo) e Megadeth (04/05/14 – Espaço das Américas – São Paulo).

A expectativa dos fãs brasileiros para esta performance é tão grande que os ingressos de vários setores como pista VIP e camarotes, desapareceram em poucos dias. Neste momento, restam apenas tickets para pista normal. O público interessado em conferir esta histórica apresentação de Ville Valo (vocal), Mikko Lindström (guitarra), Mikko Paananen (baixo), Mika Karppinen aka Gas Lipstick (bateria) e Janne Puurtinen (teclado) na capital paulistana realmente devem se antecipar para não ficar de fora.

Neste momento, o HIM está em plena turnê promocional do bem-sucedido álbum “Tears on Tape” (Universal Music). Com uma lista de hits absolutos como "For You", "Your Sweet Six Six Six", "Wicked Game" (cover de Chris Isaak), "The Heartless", "When Love and Death Embrace", "(Don't Fear) The Reaper" (cover de Blue Öyster Cult), "Poison Girl", "Join Me in Death", "Right Here in My Arms", "Buried Alive By Love" e "The Funeral of Hearts", e uma série de álbuns que se tornaram clássicos - como “Greatest Love Songs Vol. 666” (1997), “Razorblade Romance” (1999), “Love Metal” (2003) e “Venus Doom” (2007), o Love Metal do grupo se estabeleceu com uma extraordinária carreira, vendendo milhões de discos vendidos e e tornando um fenômeno global.

Comemorando 23 anos de carreira, a “Tears On Tour” consiste nas seguintes datas:
22/03 – Bahia Urbana Amphitheatre – San Juan, Porto Rico
30/03 – HSBC Brasil – São Paulo, Brasil
01/04 – Teatro Caupolican – Santiago, Chile
03/04 – Teatro Flores – Buenos Aires, Argentina
04/04 – Teatro Flores – Buenos Aires, Argentina

Links relacionados:
http://www.heartagram.com
https://www.facebook.com/theheartagram
http://www.radiocorsario.com.br
http://www.hsbcbrasil.com.br
http://www.theultimatemusic.com

Serviço São Paulo
Rádio & TV Corsário orgulhosamente apresenta HIM no Brasil
Dia: 30 de março de 2013, domingo
Local: HSBC Brasil
End: Rua Bragança Paulista, 1281 – Chácara Santo Antônio
Horário: 20h (open doors) | 21h30 (showtime)

Informações e compra de ingressos:
# BILHETERIAS HSBC BRASIL - Rua Bragança Paulista, 1281 / Chácara Santo Antônio.
(Horário de atendimento até o dia 23/12: segunda a sábado, das 10h às 21h e domingos e feriados, das 10h às 20h)

# COMPRA POR TELEFONE - Ingresso Rápido - Tel: 4003-1212
(Horário de atendimento: segunda a sábado, das 9h às 22h)
(Formas de Pagamento: cartões de crédito Visa, Mastercard, Credicard, Diners);

# COMPRA PELA INTERNET
(www.hsbcbrasil.com.br / www.ingressorapido.com.br)
(Formas de Pagamento: cartões de crédito Visa, Mastercard, Credicard, Diners);

# PONTOS DE VENDA CAPITAL, INTERIOR E OUTROS ESTADOS
Consultar www.ingressorapido.com.br

Taxa de Compra através da Ingresso Rápido
Compra em ponto-de-venda: 15% do valor do ingresso
Entrega em domicílio Grande São Paulo: R$ 15,00
Entrega em domicílio São Paulo Capital: R$ 10,00
Retirada na bilheteria: R$ 5,00

Para a compra de ingressos para estudantes, aposentados e professores estaduais, os mesmos devem comparecer pessoalmente portando documento na bilheteria respectiva ao show ou nos pontos de venda da Ingresso Rápido. Esclarecemos que a venda de meia-entrada é direta, pessoal e intransferível e está condicionada ao comparecimento do titular da carteira estudantil no ato da compra e no dia do espetáculo, munido de documento que comprove condição prevista em lei.

BILHETERIA
Camarote: ESGOTADO
Frisa: R$ ESGOTADO
Cadeira Alta: ESGOTADO
Pista Vip 1° Lote: ESGOTADO
Pista Vip 2° Lote: ESGOTADO
Pista Vip 3° Lote: R$ ESGOTADO
Pista 1° Lote: ESGOTADO
Pista 2° Lote: R$ ESGOTADO
Pista 3° Lote: R$ 240,00 (inteira) | R$ 120,00 (meia entrada)

Capacidade: 4000 lugares
Censura: 14 anos (desacompanhados). Menores dessa idade somente acompanhados dos pais ou responsáveis.
Duração: Aproximadamente 1h30
Abertura da Casa: 2h antes do espetáculo
Estacionamento: Hot Valet (com manobrista)
Aceitamos dinheiro e cartões de débito e crédito (Visa, Mastercard, Credicard e Diners)
Não aceitamos cheques
Acesso para deficientes físicos
Ar condicionado
Imprensa: press@theultimatemusic.com | 11 9 6419.7206

 

Por: Heavy Nation às 01h27 AM

Sobre os autores

Paula Baldassari começou a ouvir heavy metal aos 11 anos por causa do Metallica e, desde então, sua paixão pelo estilo só cresceu. Já foi colaboradora de revistas como Rock Hard Valhala, Rock Brigade, Comando Rock e de sites especializados como Whiplash e Live Rock. Foi apresentadora do DDO na Brasil 2000 FM e atualmente é uma das locutoras da Radio Eldorado FM.

Julio Feriato cursou a faculdade de Letras, mas sempre sonhou em ser jornalista especializado em música. Para suprir tal anseio, editou o fanzine "Shadows" (1995); em 2004, foi um dos principais colaboradores do extinto site gaúcho "Metal Attack".

Sobre o blog

Heavy Nation é um programa da Rádio UOL especializado em heavy metal. O programa nasceu da necessidade de divulgar bandas independentes, que não encontram espaço na grande mídia, e também traz clássicos do estilo.
No blog Heavy Nation, você encontra informações extras e conteúdos que não foram apresentados no programa - entrevistas, vídeos, resenhas de shows e álbuns, além de notícias sobre o que acontece na comunidade metal do Brasil e do mundo.

Histórico